09 abril, 2013

Logotipo do Parque Estadual Costa do Sol



 O Parque Estadual da Costa do Sol, criado por lei em 18 de abril de 2011[1], tem cerca de 9.840,90 hectares dividido em quatro setores, cada qual composto por uma ou mais áreas distintas, que abrangem terras dos municípios de Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Saquarema e São Pedro da Aldeia. São áreas segmentadas na Região dos Lagos que exercem um papel importante na proteção de ecossistemas, como sambaquis, dunas, restingas, lagoas e florestas.

Fonte: Wikipedia

Logotipo do Paqrue:

Arte e Sustentabilidade em Búzios

Esse é um trabalho da artista artesã Argina Seixas de Búzios. Suas peças me encantam tanto pela sustentabilidade, quanto pelo bom gosto e brasilidade.
Essa foi feita com um tambor de maquina de lavar que faz parte de uma exposição "Luxo do Lixo" em Búzios.

Para conhecer, migre:
Blog Argina Seixas
 
 

20 novembro, 2012

ECOPRAÇA NA UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA



No dia 19 de Novembro foi realizado na praça de alimentação da Universidade Veiga de Almeida, no Campus Perynas em Cabo Frio, a ECOPRAÇA.
A Ecopraça reuniu vários grupos do Curso de Gestão Ambiental, formados por alunos do 3º e último péríodo, de forma a apresentar diversas oficinas artesanais com materiais reutilizáveis.

O trabalho realizado pelo grupo "JORNAL LEGAL"  que abraçaram a ideia de reutilizar jornais para criar sacolas de papel que substituem com eficácia as famigeradas sacolas plásticas, realizaram uma oficina de custo zero, com uma didática prática e divertida de promover atitudes sustentáveis.

 GRUPO: 
Elisane, Igor, Isabella, Thiago e Aline.

OBJETIVO:

ORIENTAR os transeuntes a sobre o cilclo de vida das sacolas plásticas eseus impactos no meio ambiente e na sociedade;

ENSINAR de forma prática a reutilizar jornais velhos através da técnica tradicional japonesa de dobrar papel chamada de “Origami”, levando-os a produzir sacolas de jornais para substituir as sacolas plásticas utilizadas em demasia nos escritórios e espações domésticos;

PROMOVER  um paradigma sustentável;

IMAGENS DA OFICINA:


Atendendo ao público



Outros grupos:

19 novembro, 2012

SACOLAS PLÁSTICAS: De onde vêm? Para onde vão?

A produção de sacola plástica consome petróleo, água, energia... Saiba mais de onde elas vêm e para onde elas vão assistindo ao vídeo que é muito interessante:

 


COMO SUBSTITUIR SACOLAS PLÁSTICAS?

Melhor do que encher diversos saquinhos plásticos ao longo de uma semana é usar um único saco plástico dentro de uma lixeira grande na área de serviço, por exemplo, e ir enchendo-o por alguns dias com os pequenos lixinhos da casa (da pia, do banheiro, do escritório). Se o lixo é limpo, como de escritório (papel de fax, pedaços de durex, etc), pode ir direto para a lixeira sem proteção. No caso dos lixinhos da pia e do banheiro (absorventes, fio dental, cotonetes), o melhor substituto da sacolinha é o saquinho de jornal. Ele mantém a lixeira limpa, facilita na hora de retirar o lixo e é facílimo de fazer. Leva 20 segundos. A ideia veio do origami, que ensina essa dobradura como um copo. Em tamanho aumentado, feito de folhas de jornal, o copo cabe perfeitamente na maioria dos lixinhos de pia e banheiro que existem por aí. Veja:
Você pode usar uma, duas ou até três folhas de jornal juntas, para que o saquinho fique mais resistente. Tudo no origami começa com um quadrado, então faça uma dobra para marcar, no sentido vertical, a metade da página da direita e dobre a beirada dessa página para dentro até a marca. Você terá dobrado uma aba equivalente a um quarto da página da direita, e assim terá um quadrado. Para ver melhor os detalhes, clique na foto para aumentar.

Dobre a ponta inferior direita sobre a ponta superior esquerda, formando um triângulo, e mantenha sua base para baixo.

Dobre a ponta inferior direita do triângulo até a lateral esquerda.

Vire a dobradura "de barriga para baixo", escondendo a aba que você acabou de dobrar.

Novamente dobre a ponta da direita até a lateral esquerda, e você terá a seguinte figura:

Para fazer a boca do saquinho, pegue uma parte da ponta de cima do jornal e enfie para dentro da aba que você dobrou por último, fazendo-a desaparecer lá dentro.

Sobrará a ponta de cima que deve ser enfiada dentro da aba do outro lado, então vire a dobradura para o outro lado e repita a operação.

Se tudo deu certo, essa é a cara final da dobradura:

Abrindo a parte de cima, eis o saquinho!

É só encaixar dentro do seu cestinho e parar pra sempre de jogar mais plástico no lixo!

Que tal?

Pode parecer complicado vendo as fotos e lendo as instruções, mas faça uma vez seguindo o passo a passo e você vai ver que depois de fazer um ou dois você pega o jeito e a coisa fica muito muito simples. Daí é só deixar vários preparados depois de ler o jornal de domingo!

Vídeo com PAP

Fonte: Saco é um Saco  e De verde casa

25 setembro, 2012

RECICLAGEM e DECORAÇÃO

Clique para ampliar
Hoje em dia os materiais que seriam jogados no lixo ganharam novas finalidades e passam a fazer a diferença no contexto da decoração. No entanto, não basta apenas reunir os materiais e a técnica, pois o grande medo das pessoas, principalmente as mulheres, está em parecer “cafona” com o uso desses materiais recicláveis.   
Porém, tendo os caprichos necessários, o visual de um ambiente decorado com artigos de reciclagem pode ser moderno, elegante e melhor ainda, original!
 
Que quiser segue o PAP.


Materiais
        Tesoura
        Régua
        Lápiz (ou giz de alfaiate)
        Cola universal (cascorez)
        Pincel
        Recipiente (para colocar a cola)
        Embalagem de Cereal (ou outra caixa semelhante)
        Retalhos de tecidos (papel de presente, jornal, páginas de livros, etc.)
        Botões, fitas, sianinhas, rendas, etc.





1. Reúna os materiais necessários;
2. Trace o desenho que desejar na caixa;
3. Corte a caixa seguindo os traços;
4. Utilize a caixa como molde para recortar o tecido;
5. Passe cola utilizando o pincel, na superfície da caixa ou mesmo no lado avesso do tecido
6. Encape toda a caixa colando o tecido no local correto, conforme o desenho do retalho.
7. Termine fazendo acabamento utilizando fitas, sianinhas, rendas, botões, ou mesmo recortes de retalhos para completar e valorizar o trabalho. 

Descanso para copo




Basta recortar o tecido utilizando o próprio CD como molde, depois passar a cola nos dois lados do CD e colar o tecido.  Na imagem o tecido foi recortado depois de colado. 

****************************
Quem disse que reciclagem não tem à ver com bom gosto?

 


Recicle idéias!

15 junho, 2012

PRAÇA RECÉM INAUGURADA EM IGUABA EM TOTAL ESTADO DE ABANDONO E DESCASO

Embora sem terminar a obra e sem iluminação, a praça foi entregue pelo ex-prefeito de Iguaba Grande, Oscar Magalhães. Hoje, há menos de 4 meses que foi inaugurada, encontra-se em estado pior do que foi entregue à população...em completo estado de abandono.

Já não é uma praça decente. Por sinal, uma praça FEIA, pois só plantaram palmeiras e grama. Nem um projeto paisagístico incluindo cores e flores e o mais importante, sem árvores nativas lindas, que atrairiam pássaros foi à ela dedicado. Nota-se que foram utilizados insumos de baixo valor econômico, porém sabemos que não corresponde às notas fiscais.

De qualquer forma, embora uma "titica" de praça, não é fácil passar por ali e ver quantas palmeiras agonizando, mato tomando conta do gramado, buracos pelo calçamento, tubos, lixo...Tudo onde as crianças utilizam para andar de bicicleta, e próximo ao Playground
A culpa é de quem?
Oras, o ex-prefeito e sua nora Graziela, sinceramente não tem meu respeito por vários motivos. Mas, o atual prefeito, Valdair Teixeira de Jesus, o Daíco, deveria honrar a cidade que faz parte e seus munícipes e dar continuidade às obras, com urgência, já que o dinheiro não sai do bolso dele e sim, do NOSSO!

Então alguém diz: "Mas existem coisas mais importantes, como educação, saúde e bla, blá, blá". Bem, deveriam ter pensado nisso antes de aprovarem o projeto. E mais, deveriam externalizar os custos, visto que o que saiu para fazer essa praça daria para regularizar a situação da saúde, no mínimo. Portanto, já que a merda foi feita, no mínimo o prefeito e seus colaboradores deveriam estar dando a devida atenção, pois todo o dinheiro ali empregado está, numa velocidade incrível, se deteriorando. Tudo isso pra quê? Para a comunidade dizer: "Isso é coisa de Oscar?". Faça-me o Favor! Vamos deixar a droga da politicagem de fora. Se é que são capazes de passarem por cima de seus interesses em respeito à população.
Quem está na chuva é pra se molhar e o PREFEITO atual, deve zelar, obrigatoriamente, pela cidade que representa e administra.




Área de circulação...existem essas recortes por toda a praça

Palmeiras caídas por todo canto

Mais palmeiras caídas...MORTAS!

Outras palmeiras pendendo para o chão

Lixo...muito lixo e buracos abertos colocando em risco a saúde das crianças. Veja também abaixo:



Palmeira caindo e bancos virados para o lado contrário. Além de estarem soltos.

Barro, e mais palmeiras

Lixo! Observe: A grama recém colocada que comprova  que a obra é recente

Mato tomando conta

Mato e palmeiras morrendo

Buracos e buriros expostos, sem nenhuma faixa de isolação. Perigo!


Ao lado da praça, resíduos. Inclusive da obra da praça.

Playground ao fundo...crianças ficam ali à noite. Note próximo existem tubos para fora, buracos e lixo.

Palmeiras caindo...
Palmeiras morrendo, lixo, mato,...
Tem mais...já passei algumas vezes e vi cavalos se aimentando da grama na praça e o pior...AINDA não tem iluminação!
Isso quer dizer que esse espaço enorme fica um "breu", inutilizada ou utilizada pelas crianças e expondo-as à perigos físicos, inclusive sugerindo um espaço perfeito para o tráfico ou usuários de drogas.

Quero saber quem será culpado quando uma criança ou qualquer que seja se ferir naquele local? Eu sei..

Agora me responde? Parece uma Praça?
Melhor: Parece uma praça recém inaugurada?


Obs.:"Favor, caso utilize as imagens, citar a fonte."